Editoras brasileiras fecham acordo com Amazon

Editoras brasileiras fecham acordo com Amazon para venda de e-books

Editoras brasileiras fecharam acordo com a Amazon para a venda de seus livros digitais no país. A varejista americana, que estrutura sua operação no Brasil, assinou contrato com Companhia das Letras, Globo Livros, Ediouro e DLD – responsável pelos livros digitais da Objetiva, Record, Rocco, Planeta, Sextante, LPM e Novo Conceito. O fim das negociações acelera a chegada da Amazon ao mercado brasileiro. 


DLD e Globo Livros também fecharam acordo com o Google. Ambas estimam que Amazon e a loja de livros do Google estreiem no Brasil em dezembro. A Companhia das Letras apenas afirmou que está em negociações bem avançadas com o Google, mas não prevê a data de lançamento dos serviços no Brasil.

Leia o texto completo.

Fonte: G1: Daniela Braun e Laura Brentano – 30/11/2012 16h36. Atualizado em 30/11/2012 16h41

Leia Mais:
Amazon no Brasil antes do Natal

A Bibliografia Bíblica Latino-Americana após Schwantes

No dia 26 recebi o seguinte e-mail:

Universidade Metodista de São Paulo – Curso de Pós-Graduação em Ciências da Religião

Estimado e estimada biblista,

O querido professor Milton Schwantes nos deixou, porém, nós devemos dar continuidade ao seu trabalho. Por isso estamos reorganizando o projeto da Bibliografia Bíblica Latino-Americana (BBLA) e queremos contar com sua participação. Acesse o site da BBLA, ali você encontrará registrado o material bíblico produzido na América Latina desde o ano 2000. Divulgue este site para os seus alunos/as e conhecidos.

Como acessar
Entre no site e consulte o acervo e novamente “Consulte acervo” e lá você encontrará uma busca por autor, título, palavra chave etc. Achado o item, entre em detalhes e lá você encontrará o pequeno resumo do livro, artigo, tese ou dissertação, além de outros materiais.

Se você é autor ou trabalha numa editora, envie-nos um exemplar de sua publicação para que o mesmo possa ser incluído na Bibliografia Bíblica Latino-Americana.

Endereço:
Bibliografia Bíblica Latino-Americana
Caixa postal 5002
09640-000 São Bernardo do Campo – SP – Brasil

Acreditamos que juntos/as conseguiremos honrar a memória do prof. Milton que tanto fez por muitos de nós e nos deixou o legado de continuar a caminhada Bíblica na América Latina.

Atenciosamente

Sirley Antoni

Bibliografia Bíblica Latino-Americana
Caixa postal 5002
09640-000 São Bernardo do Campo – SP – Brasil
Tel.: (11) 4366.5813 / Fax: (11) 4366.5815
e-mail: bibliografia.biblica@metodista.br

A atuação da grande mídia na política

Chega às livrarias livro que analisa criticamente a atuação da grande mídia na política:

DE ALENCAR, J. F.  A ditadura continuada: Fatos, factoides e partidarismo da imprensa na eleição de Dilma Rousseff. São Paulo: Paulus, 2012, 272 p. – ISBN 9788534934138.

Diz a editora:

“Que a imprensa exerce grande poder na sociedade todos já sabem. Mas até que ponto pode chegar a falta de imparcialidade, de objetividade, de pluralidade e de compromisso com a democracia, elementos básicos para a imprensa livre?

Em  A ditadura continuada o leitor é convidado a refletir sobre alguns episódios do período da eleição presidencial de 2010 com foco na atuação da grande mídia, sobretudo na do jornal Folha de São Paulo.

Segundo o autor, a ideia de produzir o livro surgiu depois de anos de estudo e observação dos enviesamentos políticos da imprensa brasileira, distorcendo a realidade para promover as linhas políticas mais conservadoras e prejudicar os movimentos e partidos que questionem ou promovam mudanças positivas no país. ‘O gancho principal para o início do trabalho foi a publicação neste grande jornal de uma ficha policial falsa, apresentando como resgate da história e como pesquisa em arquivos do Deops [Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo] um documento fraudulento construído digitalmente. Embora se possa alegar que foi um simples erro jornalístico, os contornos do episódio, seus desdobramentos e a recusa do jornal em esclarecê-lo demonstram o contrário’, explica.

A obra relembra que o golpe militar e a maior parte do regime tiveram o apoio da mídia, mostrando que a continuidade dos laços da imprensa com o autoritarismo apareceu de maneira clara quando Dilma Rousseff, uma ex-militante da resistência à ditadura, concorreu à presidência do país. Com esse viés, o título analisa, além do caso da ficha falsa e seus desdobramentos, a pré-campanha e a operação segundo turno daquelas eleições.

Além do olhar crítico em relação à postura da grande mídia, o livro destaca a atuação positiva de muitos blogues que fizeram contrapontos e derrubaram versões produzidas pela mídia politicamente conservadora, enfraquecendo a forma autoritária de cobertura da eleição.

‘A contribuição para a qualificação da comunicação social que vem sendo feita por esses blogues e seus leitores e comentadores é imensa, tem diversificado as possibilidades de comunicação e envolvido muita gente. Pois se antes deles tínhamos a informação e a comunicação concentradas nas mãos de meia dúzia de famílias ou grupos que dominam a mídia no país, agora temos outras versões, outros canais de comunicação questionando e derrubando as versões enviesadas e politicamente comprometidas da velha mídia. Por exemplo, o caso da ficha falsa só foi esclarecido para a sociedade graças aos blogues’, conclui o autor.

Contando três capítulos e um resumo ao final de cada um deles, A ditadura continuada – Fatos, factoides e partidarismo da imprensa na eleição de Dilma Rousseff tem linguagem fluente e estrutura simples, tornando-se excelente instrumento de reflexão para estudantes, professores e todos os interessados em obter maior esclarecimento a respeito da mídia brasileira e de sua constante atuação, sobretudo no que diz respeito à política e à democracia”.

Quem é Jakson Ferreira de Alencar?
Jornalista, mestre pelo Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde também cursa doutorado na mesma área. Editor da revista Vida Pastoral.

Leia Mais:
A inquestionável partidarização da imprensa – Venício Lima: Carta Maior – 25.01.2013

Resenhas na RBL: 24.11.2012

As seguintes resenhas foram recentemente publicadas pela Review of Biblical Literature:

Jan N. Bremmer
The Rise of Christianity through the Eyes of Gibbon, Harnack, and Rodney Stark
Reviewed by Brent Nongbri

Giovanni Garbini
Letteratura e politica nell’Israele antico
Reviewed by Dempsey Rosales Acosta

Randall Heskett and Brian P. Irwin, eds.
The Bible as a Human Witness to Divine Revelation: Hearing the Word of God through Historically Dissimilar Traditions
Reviewed by S. D. Giere

Benno Jacob; ed. Ernest Jacob and Walter Jacob
The First Book of the Bible: Genesis (Augmented Edition)
Reviewed by Joel S. Baden

Dale Launderville
Celibacy in the Ancient World: Its Ideal and Practice in Pre-Hellenistic Israel, Mesopotami, and Greece
Reviewed by Pancratius C. Beentjes

Erle Leichty
The Royal Inscriptions of Esarhaddon, King of Assyria (680-669 BC)
Reviewed by Paul Sanders

Frank J. Matera
Romans
Reviewed by Pablo T. Gadenz

Lauren A. S. Monroe
Josiah’s Reform and the Dynamics of Defilement: Israelite Rites of Violence and the Making of a Biblical Text
Reviewed by Ovidiu Creanga

Rob Starner
Kingdom of Power, Power of Kingdom: The Opposing World Views of Mark and Chariton
Reviewed by Tom Nelligan

Stephen O. Stout
The “Man Christ Jesus”: The Humanity of Jesus in the Teaching of the Apostle Paul
Reviewed by Tony Costa

>> Visite: Review of Biblical Literature Blog

Gideon Levy: Eu não fui para Gaza

É um texto impressionante.

Gideon Levy: Eu não fui para Gaza

Gideon Levy, jornalista israelense. No Haaretz, jornal israelense.

Começa assim:

Eu sou um pequeno jornalista que faz parcialmente um mau uso de seu papel e trai a sua missão. Certo, eu corro para o sul, entre os lugares de destruição e residentes traumatizados. Ao escutar as sirenes, eu deito no chão e cubro minha cabeça com as mãos, ou encontro refúgios duvidosos em algumas lojas de roupas de crianças. Eu até vislumbro Gaza do alto da colina em Sderot, mas a Gaza eu não vou, sobre o seu sofrimento eu não reporto. E, assim como acontece comigo, também acontece com todo jornalista israelense. A última vez que fui em Gaza foi em novembro de 2008. Eu reportei então a respeito de um míssil israelense que atingiu as crianças do jardim de infância Indira Gandhi e matou a sua professora diante de seus olhos. Essa foi minha última história sobre Gaza. Desde então Israel baniu a ida de jornalistas israelenses para a Faixa de Gaza, e os jornalistas aceitaram isso com uma obediência e subserviência típicas. Ao longo dos anos eles se tornaram os mais leais (e admiráveis) servidores públicos: eles conhecem a alma da besta. Eles sabem que os seus leitores e telespectadores não querem saber o que se passa em Gaza, e alegremente atendem aos seus desejos. Nem uma palavra de protesto dos jornalistas, cujo governo os proíbe de realizarem seu papel essencial.

E diz também:

É assim que Israel fica sem saber quase nada a respeito do que está se passando em Gaza. Alguém está fazendo com que isso seja indubitável.

E o último parágrafo diz:

É preciso saber o que está acontecendo em Gaza para saber o que está acontecendo em Israel. O jornalismo que fracassa em fazer isso, e sequer protesta, é inimigo do esclarecimento. É bom quando um correspondente militar veste um capacete amarelo e sobe num carro de bombeiros para nos mostrar a destruição num bloco de apartamentos; pode-se de alguma maneira viver com um comentarista militar, propagandista da guerra, que só rosna pela guerra. Mas reproduzir mensagens de textos das autoridades não é jornalismo. Um verdadeiro jornalista israelense deveria estar em Gaza agora. Sem isso, e com a cobertura negligente que é feita lá, nós somos todos pequenos jornalistas.

Mas é preciso ler o texto inteiro.

O mesmo texto, em inglês, no Haaretz: To Gaza I did not go – By Gideon Levy – 02:34 22.11.12
I am a little journalist who partially misappropriates his role and betrays his mission. I run around the south, between the sites of destruction and traumatized residents, but to Gaza I do not go.

Fonte: Carta Maior – 23/11/2012

Quem é Gideon Levy?
Gideon Levy is a Haaretz columnist and a member of the newspaper’s editorial board. Levy joined Haaretz in 1982, and spent four years as the newspaper’s deputy editor. He is the author of the weekly Twilight Zone feature, which covers the Israeli occupation in the West Bank and Gaza over the last 25 years, as well as the writer of political editorials for the newspaper. Levy was the recipient of the Euro-Med Journalist Prize for 2008; the Leipzig Freedom Prize in 2001; the Israeli Journalists’ Union Prize in 1997; and The Association of Human Rights in Israel Award for 1996. His new book, The Punishment of Gaza, has just been published by Verso Publishing House in London and New York.

Leia Mais:
Impressões de uma visita a Gaza – Noam Chomsky – Carta Maior: 24/11/2012
Chuva de fogo e destruição em Gaza

Os 50 anos do Vaticano II na Vida Pastoral

O número 287 da Vida Pastoral – novembro/dezembro de 2012 – disponível para leitura online e download em seu novo site, trata dos 50 anos do Concílio Vaticano II.

Os artigos:

  • Vaticano II: 50 anos depois – José Comblin
  • Os 50 anos do Concílio Vaticano II: Avanços e entraves – J. B. Libanio
  • A Igreja Católica e o movimento ecumênico – Na celebração dos 50 anos de abertura do Concílio Vaticano II – Francisco de Aquino Júnior

Leia Mais:
Alguns livros e artigos sobre o Vaticano II
O Vaticano II no Observatório Bíblico

Vida Pastoral tem novo site

Ao inaugurar hoje seu novo site, a revista Vida Pastoral está disponibilizando ao público um vasto acervo de artigos da revista classificados por áreas temáticas: Bíblia, eclesiologia, temas pastorais, ministério presbiteral, cristologia, ciências da religião, sacramentos, liturgia, roteiros homiléticos, mariologia, Trindade, escatologia, temas de atualidade, temas sociais, espiritualidade, catequese, documentos e concílios, ecumenismo e diálogo inter-religioso. Os textos podem também ser localizados por autor, por edição e por ano, desde 1979.

Três artigos meus estão disponíveis no site. Confira:

  • Todos comeram e ficaram saciados. O milagre da multiplicação dos pães – 1985
  • A denúncia profética da corrupção (Salmo 12) – 1988
  • Do campo para a cidade. O evangelho de Paulo – 1990

Quatro livros que chamam minha atenção

São publicações de John Van Seters, Niels Peter Lemche, Thomas L. Thompson e Philip R. Davies. Os autores são bem conhecidos, não? É só conferir aqui e aqui.

Estes livros fazem parte da Copenhagen International Seminar, editada por Thomas L. Thompson, uma Coleção da Equinox que promove estudos internacionais e interdisciplinares sobre Bíblia e áreas afins.

Diz a editora:
The Copenhagen International Seminar promotes international and interdisciplinary studies in the Bible and its related fields, such as the early history of Palestine, Syro-Palestinian archaeology, comparative ancient Near Eastern and Greek literature, as well as cultural and intellectual history and anthropology. The series is dedicated to furthering the publication in English of innovative research by authors from non-English traditions of scholarship.

  • General editors: Thomas L. Thompson and Ingrid Hjelm, both at the University of Copenhagen
  • Old Testament editor: Niels Peter Lemche, University of Copenhagen
  • New Testament editor: Mogens Müller, University of Copenhagen
  • Language Revision editor: James West, Quartz Hill School of Theology

Changing Perspectives n. 1 saiu em 2011, enquanto os números 2 e 3 estão previstos para dezembro deste ano ou começo de 2013. O número 4 deve sair por volta de setembro de 2013.

VAN SETERS, J. Changing Perspectives 1: Studies in the History, Literature and Religion of Biblical Israel. London: Equinox Publishing, 2011, 438 p. – ISBN 9781845539016.


THOMPSON, T. L. Changing Perspectives 2: Biblical Narrative and Palestine’s History. London: Equinox Publishing, 2012, 320 p. – ISBN 9781908049957.

LEMCHE, N. P. Changing Perspectives 3: Biblical Studies and the Failure of History. London: Equinox Publishing, 2012, 320 p. – ISBN 9781781790175.

DAVIES, P. R. Changing Perspectives 4: Rethinking Biblical Scholarship. London: Equinox Publishing, 2013, 320 p. – ISBN 9781845539351.