Frase do dia – 20.10.2015

Atualizado em

A tramada situação. A gente vê o inesperado.

Se e se? A gente ia ver, à espera. Com os soturnos pesos nos corações; um certo espalhado susto, pelo menos. Eram horas precárias.

Guimarães Rosa, Os irmãos Dagobé, em Primeiras Estórias.

Frase do dia – 18.12.2014

Atualizado em

Anunciado ontem, o reatamento de relações diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba tem uma utilidade suplementar no Brasil: coloca em seu devido lugar o anticomunismo primitivo que fez uma grande aparição na última campanha presidencial. 

Paulo Moreira Leite, A vitória dos bons princípios.

Frase do dia – 30.08.2014

Atualizado em

Toda a ala paulista tucana está marinando, a começar pelo ex-presidente Fernando Henrique, o candidato a senador José Serra e o governador Geraldo Alckmin. Não será de um PSDB outra vez dividido que sairá alguma ordem unida para combater o crescimento de Marina. Se essa ordem não vier a ser dada pelo triunvirato – Dilma, Lula e João Santana – que dá o rumo à campanha do PT, a mensagem será a de que Maria Osmarina Silva de Souza já pode, como se diz, encomendar o vestido da posse.

Ou o PT desconstrói Marina, ou ela varre o PT: Brasil 24/7 — 29.08.2014 – 22h45

Frase do dia – 23.08.2014

Atualizado em

E para onde foi Marina? Foi sentar-se à direita da santíssima trindade dos mercados. Em resumo, afinal livre dos constrangimentos petistas, a ex-senadora revela-se uma convicta defensora do sacrossanto ‘tripé’. Que vem a ser uma espécie de enforcador à distância. Sendo o pescoço, a sociedade. E os mercados, a mão que controla a correia.

Saul Leblon, Marina e Neca do banco Itaú: o ambientalismo argentário, em Carta Maior, 22/08/2014.

Frase do dia – 22.08.2014

Atualizado em

No fim, se eleita não sei se Marina terá estofo para engolir seco e saber que o Presidente do Brasil não manda no Brasil. O Presidente do Brasil senta na cadeira e tenta equilibrar todos os pratos, e se quiser retirar algum prato, deve o saber fazer com suavidade, sem deixar que ele caia.

Luciano GM, em comentário a Luís Nassif, É preferível um Aécio na mão que duas Marinas voando, no Jornal GGN  em 22/08/2014.

Leia Mais:
Neca ativa, Marina reflexiva, povo passivo