O Curso de Grego foi convertido para Unicode

Foram duas semanas de estudo, mas acho que consegui. Meu Curso de Grego, na Ayrton’s Biblical Page, criado por volta do ano 2000, usava a fonte SPIonic, muito bonita e competente, mas era uma fonte não Unicode [O que é o Unicode?].

Nunca tive problemas com ela [outros, porém, tiveram em 2001 e em 2005, pelo visto], até a chegada do Internet Explorer 8. A escrita ficou toda desconfigurada, criando espaços após os acentos. E, olhe, grego tem acento que não acaba mais!

O problema não existe em outros navegadores muito utilizados, como o Firefox ou o Chrome.

Aprendi muitas coisas, entre elas algumas sobre o Modo de Exibição de Compatibilidade do IE8 com a sua versão anterior [o que não resolveu o problema do grego!] e sobre a compatibilidade de um site com vários navegadores, em testes online. Quem quiser ver algo sobre isso, os seguintes links podem ser úteis:
:: Browsershots – Uma das mais interessantes ferramentas de teste online de compatibilidade de navegadores
:: W3C – The World Wide Web Consortium (veja o menu W3C A to Z)

Sobre o uso de fontes Unicode, especialmente com grego e hebraico, li alguns textos. Recomendo os links que estão em:
:: Convertendo hebraico e grego para Unicode – Observatório Bíblico: 27 de setembro de 2009

E os links que eles recomendam. Há aí várias informações sobre o conversor que utilizei, o GreekTranscoder, sobre a fonte Unicode que mais gostei e foi a que usei, a Cardo

Faça, antes de qualquer escolha, um teste com as fontes gratuitas disponíveis, especialmente as Unicode, no site do TLG – Thesaurus Linguae Graecae – e tenha uma noção de como andam as coisas nesta área.

Mas, sem dúvida, se você quiser aprender como fazer as coisas certas, precisa ler, pelo menos, três fontes na web:
:: Biblical Studies and Technological Tools – Blog de Mark Vitalis Hoffman
:: Tyndale Tech – Blog de David Instone-Brewer
:: SBL Biblical Fonts FAQ – no site da SBL, em Biblical Fonts

Anoto que a maioria dos endereços indicados está em inglês. Mas quem trabalha com estudos bíblicos em nível acadêmico precisa mesmo ler inglês, francês, alemão… E, aproveitando, dê uma olhada como ficou o curso de grego!

A crise hondurenha

A novidade mais importante na crise hondurenha é o racha no Congresso que rejeitou o Estado de Sítio decretado pelo regime. Micheletti perde maioria parlamentar e Exército já defende ‘diálogo’. Mídia demotucana minimiza os fatos e insiste na ‘ingerência’ de Lula e Zelaya na ‘normalidade’ do golpismo, diz Carta Maior em 29/09/2009.

Há vários artigos em Carta Maior sobre a crise hondurenha. Leia.

Resenhas na RBL – 19.09.2009

As seguintes resenhas foram recentemente publicadas pela Review of Biblical Literature:

L. Stephanie Cobb
Dying to Be Men: Gender and Language in Early Christian Martyr Texts
Reviewed by Jan Willem van Henten

J. Edward Crowley and Paul L. Danove
The Rhetoric of Characterization of God, Jesus, and Jesus’ Disciples in the Gospel of Mark
Reviewed by Seán P. Kealy

Ellen F. Davis
Scripture, Culture, and Agriculture: An Agrarian Reading of the Bible
Reviewed by Philip F. Esler

F. Gerald Downing
God with Everything: The Divine in the Discourse of the First Christian Century
Reviewed by Michael Lakey

Lori Anne Ferrell
The Bible and the People
Reviewed by Seán P. Kealy

Joseph A. Fitzmyer
A Guide to the Dead Sea Scrolls and Related Literature
Reviewed by Shayna Sheinfeld

William H. Jennings
Storms over Genesis: Biblical Battleground in America’s Wars of Religion
Reviewed by Michael D. Matlock

Julie Kelso
O Mother, Where Art Thou? An Irigarayan Reading of the Book of Chronicles
Reviewed by Susanne Scholz

Matthew J. Marohl
Faithfulness and the Purpose of Hebrews: A Social Identity Approach
Reviewed by Renate Viveen Hood

Alexander I. Negrov
Biblical Interpretation in the Russian Orthodox Church: A Historical and Hermeneutical Perspective
Reviewed by Peter Penner

Etienne Nodet
The Historical Jesus? Necessity and Limits of an Inquiry
Reviewed by James West

Julia M. O’Brien
Challenging Prophetic Metaphor: Theology and Ideology in the Prophets
Reviewed by Bo H. Lim

Mikeal C. Parsons
Acts
Reviewed by I. Howard Marshall

Ilaria Ramelli and David Konstan
Terms for Eternity: Aiônios and Aïdios in Classical and Christian Texts
Reviewed by Jan G. van der Watt

Kevin J. Vanhoozer, ed.
Theological Interpretation of the New Testament: A Book-by-Book Survey
Reviewed by Erik Heen


>> Visite: Review of Biblical Literature Blog

Circulares Conciliares de Dom Helder Câmara

Vida de dom Helder Câmara é contada na coletânea de cartas “Circulares Conciliares”

Dom Helder Câmara - Circulares Conciliares Volume I - Tomo IA riqueza do vasto acervo de dom Helder Câmara oferece à população, no ano de seu centenário, cada vez mais obras cheias de detalhes, sensibilidade e ensinamento. No dia 14 de abril, foi lançada, em Recife (PE), a coletânea “Circulares Conciliares”, que resgata as cartas escritas pelo religioso aos seus assessores, no período de 1962 a 1965, durante o Concílio Vaticano II.

Composta por 6 livros, a obra retrata o pensamento do arcebispo emérito de Olinda e Recife, além de ser uma oportunidade de mostrar às pessoas todo o seu ideário e prática de vida. Para o Instituto Dom Hélder Câmara, o arcebispo foi um dos maiores exemplos de coerência de vida, pondo na prática aquilo que ele pregava em seus discursos. Os volumes foram organizados pelos professores Zildo Rocha e Luiz Carlos Marques Luz.

A coleção é dividida em dois volumes, cada um com 3 Tomos. Os textos narram o dia-a-dia das sessões do Concílio Vaticano II, evento que marcou a história da Igreja Católica no mundo todo.

As cartas subdivididas em Conciliares, Interconciliares e Posconciliares, somam 2.122 textos, 7.547 meditações, e mais discursos, programas de rádio, entre outros. A estimativa é que as “obras completas” alcancem 20 volumes, já que nesta primeira coleção de seis Tomos, só foram editadas 637 circulares. A confecção da obra contou com o patrocínio do Governo do Estado de Pernambuco [Nota: a publicação foi lançada pela CEPE – Companhia Editora de Pernambuco. As obras podem ser encontradas, entre outros lugares, na Livraria Loyola e na Livraria Cultura].

Dom Helder tinha como hábito escrever durante a noite, e todo o material produzido era rigorosamente numerado e datado, facilitando para o presente, este trabalhoDom Helder Câmara - Circulares Pós-Conciliares Volume III - Tomo I de divulgação.

A importância das comemorações do centenário de dom Helder se dá pelo seu exemplo de vida. Carismático, dom Helder foi um pastor que viveu a simplicidade e a humildade, observadas em sua atitude cotidiana, quando acolhia os mendigos, visitava os mais necessitados e injustiçados, e partilhava seus prêmios. Estas e outras iniciativas fizeram dele um semeador da fraternidade.

Fonte: CNBB 16/09/2009

Confira os vários volumes na Amazon.com.br

Blog Semana Dom Helder Câmara

Foi criado o blog da Semana Dom Helder Câmara.

Que explica:

Este blog pretende ser mais um canal de divulgação da “Semana Dom Helder Câmara“, que acontecerá em Fortaleza – CE, de 26 de setembro a 02 de outubro de 2009. Além disso, neste espaço serão compartilhadas informações, artigos, fotos, vídeos relacionados a vida, missão e ensinamentos deixados por Dom Helder. “O Grupo” é o realizador do evento e acredita que com a existência do mesmo seja possível tornar ainda mais viva a presença de Dom Helder no cotidiano do povo brasileiro.

O profeta Helder Câmara

Como homenagear um profeta?

Por Carlo Tursi – Teólogo

“Incomodado. Indignado. Até envergonhado. Talvez estas palavras exprimam um pouco como venho me sentindo ao longo deste ano em que estamos comemorando o centenário de nascimento de Dom Helder Camara (1909-2009). É que a forma convencional de nossas homenagens prestadas – até agora – não me parece fazer jus a este grande pastor e profeta fortalezense, que brilhou para o Brasil e o mundo como arcebispo de Olinda e Recife (1964-1985), promovendo os pobres e defendendo os perseguidos pela ditadura. Por parte da Igreja, apenas o óbvio (…) Por parte da sociedade civil e política (…) Vem aí uma outra forma de homenagear o ‘Dom da Paz’: a Semana Dom Helder Camara (26 de setembro a 02 de outubro), idealizada por um punhado de cristãos críticos que se autodenominam ‘O GRUPO’. Seu principal enunciado: Dom Helder vive! Lugar de lhe prestar homenagem não é, absolutamente, o cemitério, e o material adequado para isso não é o bronze, o gesso, nem as flores! O lugar correto de lhe prestar homenagem é no meio dos movimentos cristãos e cívico-humanistas que lutam pela transformação da realidade brasileira, que denunciam (…) Alguém interessado neste tipo de homenagem? Então, há de conferir o evento de abertura da Semana, a se realizar no teatro do Centro Cultural Dragão do Mar, dia 26 de setembro, às 19:00 h, com a projeção do documentário ‘Dom Helder, o santo rebelde’, seguida de debate com a platéia. A Semana prosseguirá com um ciclo de conferências e debates, no colégio Santo Tomás de Aquino, sempre às 19:00 h, e culminará em uma caminhada de sensibilização e despertar cívico-cristão pelo centro de Fortaleza, no dia 02 de outubro, às 15:00 h, a partir da praça da Igreja do Carmo”.

Leia o texto completo.

Fonte: Adital: 21/09/2009

O texto pode ser lido também no blog Semana Dom Helder Câmara, em postagem com o mesmo título e a mesma data.