As campanhas de Tiglat-Pileser III contra Damasco e Samaria entre 734 e 732 a.C.

Acaba de ser colocado online o fascículo n. 2 do volume 87 (2006) da revista Biblica, do Pontifício Instituto Bíblico de Roma.

Entre os artigos publicados, interessa-me especialmente o de Peter Dubovsky sobre as campanhas militares do rei assírio Tiglat-Pileser III realizadas contra a região siro-efraimita entre 734 e 732 a.C.

Por que? Porque estou, justamente nesta semana, estudando com o primeiro ano de Teologia o século VIII a.C. e com o segundo ano os textos de Isaías 7-12, que têm o mesmo background, ou seja, a “guerra siro-efraimita”.

Dubovsky, em seu artigo de 18 páginas, divide as campanhas de Tiglat-Pileser III em três fases: na primeira fase, os assírios conquistaram Tiro e a costa; na segunda fase, derrotaram as tropas sírias, conquistaram a Transjordânia e fizeram um ataque de surpresa a tribos árabes; e, finalmente, na terceira fase, eles conquistaram Damasco, a Galileia e Gézer.

O autor, na segunda parte do artigo, investiga a logística destas campanhas e, para concluir, avalia as consequências da invasão assíria em termos de perdas materiais e humanas e descreve a reorganização administrativa da região feita pelos assírios.

Leia mais sobre o assunto na Ayrton’s Biblical Page clicando aqui.

Para a análise de Is 7-12, recomendo a leitura de algumas páginas de meu livro A Voz Necessária: encontro com os profetas do século VIII a.C., disponível para download. Clique aqui.

Segue-se o resumo (abstract) do artigo, em inglês.

Peter DUBOVSKY, «Tiglath-pileser III’s Campaigns in 734-732 B.C.: Historical Background of Isa 7; 2 Kgs 15–16 and 2 Chr 27–28» , Vol. 87(2006) 153-170.

The aim of this article is to investigate Tiglath-pileser III’s campaigns against the Levant in 734-732 B.C. The campaigns can be divided into three phases. In the first phase, the Assyrians conquered Tyre and the coast. In the second phase, they defeated Syrian troops in battle, conquered Transjordan and made a surprise attack on the Arabian tribes. In the last phase, they conquered Damascus, Galilee and Gezer. In the second part of this article, the author investigates the logistics of these campaigns and at the end the author evaluated the consequences of the Assyrian invasion in terms of human and material losses and the administrative reorganization of the region.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.