Dom Cappio e o Rio

A vida do Rio São Francisco e de Dom Luiz Cappio. Entrevistas especiais com Roberto Malvezzi, Thomas Bauer, Rita Cappio e Dom Paulo Cardoso

Na última quinta–feira, dia 19-12-2007, o Superior Tribunal Federal decidiu que as obras de transposição do Rio São Francisco continuam. Os movimentos sociais, embora já aguardassem essa decisão, ficaram ainda mais desapontados com o governo Lula. “O governo não tem sensibilidade alguma com problema de pobre, com problema ambiental, com problema de índio”, contou-nos Roberto Malvezzi (Gogó), da Comissão Pastoral da Terra da Bahia, que está em Brasília e acompanhou toda a votação. Ao receber a notícia, Dom Luiz Cappio, Bispo de Barra, que há 23 dias estava em jejum pelo fim das obras, desmaiou. Levado às pressas ao Hospital Memorial Petrolina, ele ficou durante toda a noite na UTI e, durante a manhã de ontem, foi encaminhado ao quarto. Enquanto a família afirma que o jejum chegou ao fim, os movimentos sociais que acompanharam o sacrifício de Dom Cappio têm certeza de que essa luta continua. “Ele ainda não encerrou a greve de fome”, afirmou Thomas Bauer, também da Comissão Pastoral da Terra da Bahia. Já a família de Dom Cappio é contra a continuação do jejum. “Ele terá várias oportunidades de continuar essa obra muito grande. Porque o trabalho com os pobres, com os ribeirinhos do São Francisco, é realmente muito grande. E ele terá outras oportunidades de continuar a luta sem se expor a um calvário tão grande”, falou a irmã do Bispo, Rita Cappio. Bispo Cappio, ainda debilitado, recebeu durante o dia de ontem, inúmeras visitas, além de realizar reuniões para discutir o futuro das articulações. Umas das pessoas que esteve com ele foi Dom Paulo Cardoso, Bispo de Petrolina. “Nossa expectativa é em relação do procedimento a ser feito daqui por diante”, comentou.

As quatro entrevistas foram concedidas com exclusividade, por telefone, à IHU On-Line durante o dia 20 de dezembro. Na mesma noite, dom Luís anunciou o encerramento da greve de fome.

Fonte: IHU On-Line – 20/12/2007

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário