Jesus e o Evangelho: o que realmente aconteceu?

Atualizado em 04.08.2019 - 10h22

Começou no dia 21 de dezembro de 2005, quarta-feira passada, interessante debate entre Alan F. Segal, John S. Kloppenborg e Larry Hurtado sobre o Jesus histórico e o grau de historicidade das narrativas dos evangelhos.

Na forma de e-mails postados no site Slate Magazine, formando uma mesa-redonda, os três estão se perguntando: Jesus and the Gospel – What Really Happened? (Jesus e o Evangelho: o que realmente aconteceu?)

Quem são estes três especialistas?

Alan F. Segal é professor de Religião no Barnard College, Universidade de Colúmbia, USA, e ocupa a cadeira Ingeborg Rennert para o Estudo do Judaísmo. Autor de Life After Death: A History of the Afterlife in the Religions of the West, Rebecca’s Children e Paul the Convert.

John S. Kloppenborg é professor na Universidade de Toronto, Canadá, no Departamento para o Estudo da Religião. É autor de Excavating Q, The Formation of Q, co-autor da Critical Edition of Q, e o editor de Apocalypticism, Antisemitism and the Historical Jesus.


Larry Hurtado é professor de Língua, Literatura e Teologia do Novo Testamento na Universidade de Edimburgo, Escócia, e diretor do Centro para o Estudo das Origens Cristãs. Autor de How on Earth did Jesus Become a God?: Historical Questions about Earliest Devotion to Jesus e Lord Jesus Christ: Devotion to Jesus in Earliest Christianity.

Suas obras podem ser encontradas na Amazon.com.

Leia: Jesus and the Gospel – What Really Happened?

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário