Os textos bíblicos e a cosmologia antiga

Atualizado em

The Structure of Heaven and Earth: How Ancient Cosmology Shaped Everyone’s Theology

The Bible is often difficult to make sense of without the proper conceptual framework. Why is Paul concerned about mysterious angels, principles, powers, forces, and archons in his epistles? Why are interactions with demons at the forefront of Jesus’ ministry in Mark? Why is heaven sometimes described as having different levels? Why does Paul describe people under the law as being enslaved to the elements? What motivated early Christians to worship a heavenly saviour? It’s hard to answer these questions without a detailed understanding of ancient Jewish and Greek cosmology, so I’ve spent a great deal of time reading the best books I can find on the subject. Much of what I learned surprised me; perhaps it will surprise you too.

É muito difícil entender a Bíblia sem a estrutura conceitual adequada.

Por que Paulo está preocupado com anjos misteriosos, principados, potestades, forças e arcontes em suas epístolas? Por que as interações com os demônios estão sempre presentes no ministério de Jesus em Marcos? Por que o céu às vezes é descrito como tendo níveis diferentes? Por que Paulo descreve as pessoas sob a lei como escravizadas pelos elementos? O que motivou os primeiros cristãos a adorar um salvador celestial?

É difícil responder a essas perguntas sem uma compreensão adequada da cosmologia judaica e grega antiga, por isso gastei um tempo lendo os melhores livros que encontrei sobre o assunto. Muito do que aprendi me surpreendeu, talvez também o surpreenda.

Fonte: Paul D. – Is That in the Bible? – 17 August, 2019

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário