História de Israel

Páginas 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34

Introdução

1. Noções de geografia do antigo Oriente Médio

1.1. O crescente fértil

1.2. A Mesopotâmia

1.3. O Egito

1.4. A Síria e a Fenícia

1.5. A Palestina

2. As origens de Israel

2.1. A teoria da conquista

2.2. A teoria da instalação pacífica

2.3. A teoria da revolta

2.4. A teoria da evolução pacífica e gradual

3. Os governos de Saul, Davi, Salomão

3. 1. Ascensão e queda de Saul

3.2. Davi e a criação do Estado

3.3. Salomão e a consolidação do Estado

3.4. A ruptura do consenso

3.5. As fontes: seu peso, seu uso

3.6. Dois exemplos de fontes primárias: as estelas de Tel Dan e de Merneptah

3.7. A questão teórica: como nasce um Estado antigo?

3.8. As soluções de Lemche e de Finkelstein & Silberman

4. O reino de Israel

4.1. A rebelião explode e divide Israel

4.2. Israel de Jeroboão I a Jeroboão II

4.3. Israel é destruído pela Assíria

4.4. As conclusões de Finkelstein & Silberman

5. O reino de Judá

5.1. Os reis de Judá

5.2. A reforma de Ezequias e a invasão de Senaquerib

5.3. A reforma de Josias e o Deuteronômio

5.4. Os últimos dias de Judá

5.5. Por que Judá caiu?

6. A época persa e as conquistas de Alexandre

6.1. A situação da Grécia e a política macedônia

6.2. As conquistas de Alexandre Magno (356-323 a. C.)

6.3. Quem é Alexandre Magno?

6.4. A anexação da Judeia por Alexandre

6.5. A situação da Judeia no momento da anexação

7. Os Ptolomeus governam a Palestina

7.1. Os diádocos lutam pela herança de Alexandre

7.2. A situação da Palestina de 323 a 301 a. C.

7.3. As guerras sírias entre Ptolomeus e Selêucidas

7.4. Alexandria e os judeus

7.5. O governo dos Ptolomeus

7.6. A administração ptolomaica da Palestina

8. Os Selêucidas: a helenização da Palestina

8.1. O governo de Antíoco III, o Grande

8.2. Antíoco IV e a proibição do judaísmo

8.3. As causas da helenização

9. Os Macabeus I: a resistência

9.1. Matatias e o começo da revolta

9.2. A luta de Judas Macabeu (166-160 a.C.)

9.3. Jônatas, o primeiro Sumo Sacerdote Macabeu (160-143 a.C.)

10. Os Macabeus II: a independência

10.1. Simão consegue a independência da Judeia

10.2. João Hircano I e as divisões internas dos judeus

10.3. Aristóbulo I e a reaproximação com o helenismo

10.4. Alexandre Janeu, o primeiro rei macabeu

10.5. Salomé Alexandra e o poder dos fariseus

10.6. Aristóbulo II e a intervenção de Pompeu

11. O domínio romano

11.1. A “pax romana” chega a Jerusalém

11.1.1. Da intervenção de Pompeu a Herodes Magno
11.1.2. Os imperadores romanos de 30 a.C. a 138 d.C.
11.1.3. Os herdeiros de Herodes Magno
11.1.4. Os prefeitos e procuradores romanos da Judeia
11.1.5. De Agripa II ao fim da Judeia

11.2. O sistema socioeconômico da Palestina

12. Bibliografia

Página 2